[Dica] Fazendo cópias de DVDs ("ripar")

Melhor forma de preservar seu DVD original é, sem dúvidas, fazendo uma cópia e utilizando somente esta cópia no dia-a-dia. Mas como fazer cópias no Linux? Simples, e existe várias maneiras.


Vou fazer uma cópia do meu DVD do Panic At The Disco:


.


.


.


.


.






Veja que meu DVD está com uma pequena rachadura, que não impede de funcionar mas se quebrar dentro da unidade pode, além de estilhaçar o DVD, destruir a unidade leitora. Portanto irei fazer uma cópia (já que é meu DVD) para preservar o original:



Para fazer uma cópia você pode usar:




  • K9copy

  • DVD95

  • Acidrip

  • DVD Shrink (via WINE)


A alternativa mais completa é o K9copy. Se quiser converter para .avi usando um compressor Xvid ou outro equivalente (ideal para levar seu DVD no pendrive) o AcidRip também é perfeito, pois é muito simples de usar.


Veja como é fácil de encontrar no repositório da sua distribuição (no caso estão mostrando a Central de Programas do Ubuntu).



K9copy


INSTALAÇÃO:


Basta procurar no seu gerenciador de pacotes e clicar para instalar.



USANDO:


Não há nada mais simples. Basta abrir a mídia, escolher se quer passar para um arquivo .iso ou gravar direto (caso tenha duas unidades de DVD, uma sendo gravadora).




DVD95


INSTALAÇÃO:


Basta procurar no seu gerenciador de pacotes e clicar para instalar.


USANDO:


O programa já vai abrir a mídia na unidade, bastando clicar para converter.
Em propriedade dá para escolher especificações da cópia.




AcidRip


INSTALAÇÃO:


Basta procurar no seu gerenciador de pacotes e clicar para instalar.



USANDO:




[caption id="attachment_207" align="aligncenter" width="451" caption="Escolha seu codec de vídeo preferido. Lembre-se que o Xvid funciona em aparelhos tocadores de DVD que tem o logo "DivX""][/caption]



DVD Shrink


Esse programa estou colocando aqui por ser muito popular e eficiente, mas ele é do Windows. Então caso não queira usar os nativos (o ser humano é escravo dos costumes) pode usar o DVD Shrink do Windows. Vai funcionar perfeitamente.


INSTALAÇÃO:


Baixe ele aqui:
http://www.baixaki.com.br/download/dvd-shrink.htm


Depois instale o WINE caso não tenha instalado (só procurar na Central de Programas do Ubuntu, Synaptic, Adept, Adicionar e Remover Programas ou o equivalente na sua distribuição Linux).


O WINE não é um emulador, mas uma camada de compatibilidade com o Windows. Com ele dá para instalar programas do Windows no Linux e UNIX.


Depois de baixar e instalar o WINE, clique com botão direito do mouse no arquivo .exe do DVD Shrink e em "Propriedades". Vá na Aba "Permissão" e clique para "Permitir execução do arquivo como um programa".



Agora basta clicar com botão direito do mouse novamente no arquivo .exe do DVD Shrink e "Abrir com..." e escolher o WINE.


A instalação será como no Windows:



USANDO:



Clique em "Open Disc". Depois em Backup para fazer a cópia.


No próximo menu coloque para gravar como imagem ISO.




PASSO FINAL


Não esqueça que depois que copiar o DVD para um arquivo .iso obviamente terá que gravá-lo em um DVD-R. Então basta usar um programa para gravar, como o K3b, Brasero, Nero, ou outro qualquer, e gravar a imagem .iso (gravar como imagem, não como "dados").


No K3b, por exemplo, é só clicar em "Mais ações" e "Gravar imagem...":


6 comentários:

  1. Com todo respeito pela seriedade do site, permita-me apontar o CDBurnerXP (Windows). Basta clicar em "Copiar" e usar um ou dois drives. Só isso. E é grátis.

    ResponderExcluir
  2. gostei das suas indicaçõesvai me ajudar muitoPORQUE COMPARTILHAR É PRECISO

    ResponderExcluir
  3. K9Copy é integrado ao K3b, então ele já grava a cópia direto se quiser :)

    ResponderExcluir
  4. Guilherme, mas tem o problema das novas travas que muitas empresas usam ( Disney, Warner ) e infelizmente o K9 não dá conta do recado de muitas coisas ( o que é interessante é que o Shrink consegue ripar pelo menos uns 90% dos filmes originais , falo por experiência própria porque eu souum ripador compulsivo =) )
    Uma boa opção é usar o DVDFab ( via Wine) para ripar filmes com essas travas novas.
    O Fab é pago somente nas funções avançadas, na função 'decrypeter' ele é free e na tela de abertura do programa mesmo diz que ' não expira nunca' , portanto, nem é necessário crackeá-lo ( ainda mais que cracks não funcionam no wine ).

    Todo ano eu baixo a versão mais nova do programa.
    Fica aí a dica de preservação de nossos dvd's originais, quando os programas nativos do Linux não conseguem fazê-lo ;)

    ResponderExcluir
  5. Como tu fizeste o k9copy funcionar? O meu não consegue abrir o DVD. Quando tento abrir um DVD o programa retorna com a seguinte mensagem: Não foi possível abrir o disco /dev/sr0. Me ajude

    ResponderExcluir
  6. Instalou a biblioteca que lê DVDs criptografados?
    http://www.guiadopc.com.br/dicas/26349/veja-dvd-criptografado-no-ubuntu.html

    ResponderExcluir