Linux em perigo: Microsoft joga sujo novamente [atualizado]

Microsoft há tempos joga sujo. Ela já "emprestou" direito para empresas e misteriosamente elas desistiram do seu negócio lucrativo (caso do Corel Linux, uma das mais promissoras distribuições); já fez pressão para montadoras de computadores cortarem do dia para a noite relações com a Netscape; já ameaçou empresas com suposições, nunca provadas (caso das supostas violações de patentes pelo Linux e as cobranças sobre o Android); já entrou em contatos com clientes de concorrentes para espalhar boatos (caso Conectiva); e até já participou de um esquema de corrupção na África para frear a adoção do Linux. Agora ela mostra as garras mais uma vez.


8 comentários: